CONTATO: unistaldense@hotmail.com

Na primeira votação, Tiririca erra voto

Em sua primeira votação como deputado federal, Tiririca (PR-SP) errou a forma como queria votar e apoiou a emenda do PSDB que elevaria o mínimo para R$ 600,00.

Durante o dia, ele anunciou que votaria com o governo pelo mínimo de R$ 545,00. Na hora de votar, porém, ele estava posicionado junto à bancada do PSDB e acabou votando 'sim' à emenda dos tucanos.

O líder do PSDB, Duarte Nogueira (SP), chegou até a agradecer o voto do colega artista. 'Fui lá agradecer, afinal é o apoio do deputado mais votado do Brasil'. A assessoria de Tiririca nega que o deputado tenha se rebelado e afirmou haver apenas um engano do parlamentar na hora de apertar o botão no sistema eletrônico.

Tiririca foi o deputado federal mais votado nas eleições de 2010 recebendo mais de 1,3 milhões de votos. Antes de assumir, ele teve que provar à justiça eleitoral que não era analfabeto, sendo submetido a um teste de leitura e escrita.

Outros deputados 'celebridades' não cometeram o mesmo erro de Tiririca. O ex-jogador de futebol Romário (PSB-RJ) e o ex-boxeador Popó (PRB-BA) seguiram a orientação de seus partidos e votaram contra o mínimo maior.

Um comentário:

Dr cana disse...

Na verdade não errou,deve ter achado um absurdo que brasileiros que trabalham por salário mínimo ganhem tão pouco,é quase inacreditavel que continue menos que 600 reais,mas como no congresso todos andam de acordo,por isso que acabou errando,pois não sabia que o acordo era economia para os pobres e aumento de sálarios de ricos,como tiririca sempretrabalhou como autônomo,não sabia que o mínimo era tão mínimo....