CONTATO: unistaldense@hotmail.com

Grêmio é o dono da Taça Piratini

O favoritismo do Grêmio prevaleceu na final da Taça Piratini, ontem à noite, no Olímpico. Com raça, o time treinado por Renato Portaluppi buscou o empate em 2 a 2 depois de ter saído atrás no tempo normal. O título veio nos pênaltis, nos 4 a 1, com a inspiração do goleiro Victor, que defendeu duas cobranças. Agora, o tricolor está garantido na final do Gauchão Coca-Cola.

O primeiro tempo foi muito movimentado, em especial, por causa da disposição do Caxias. Em vez de esperar a pressão inicial, o técnico Lisca mandou o time para o ataque. Logo aos dois minutos, Edenílson caiu na área em disputa com o lateral Gilson e pediu pênalti. Um minuto depois, Everton desperdiçou a primeira chance dos caxienses em cabeçada por cima do gol.

O Caxias seguiu em cima, e o bom futebol foi recompensado aos 19, em cobrança de falta perfeita de Itaqui. O chute no canto esquerdo venceu Victor, e os visitantes saíram na frente.

O tricolor ainda tentou atacar, mas o Caxias foi mais eficiente. Em tabela às costas de Gabriel, aos 39, Gerley recebeu passe de Everton e chutou cruzado para fazer 2 a 0. Mesmo abalado, o Grêmio pressionou nos minutos finais e conseguiu diminuir a vantagem aos 43, em finalização de Willian Magrão, da entrada da área.

No segundo tempo, o Caxias se encolheu e sofreu com a pressão tricolor, com o apoio da torcida. Aos 16 minutos, André Lima recebeu passe de Douglas dentro da área e chutou cruzado, desperdiçando uma das melhores chances. A força de vontade valeu a pena. Aos 50 minutos, depois de muita catimba dos caxienses, o zagueiro Rafael Marques aproveitou confusão na área e chutou para decretar o empate: 2 a 2.

Nos pênaltis, brilhou a estrela do goleiro da seleção brasileira. As cobranças de Dê e de Diogo pararam nas mãos de Victor.

Como a Taça Farroupilha começa hoje, Grêmio e Caxias tiveram seus jogos transferidos e só estreiam na segunda rodada. O tricolor recebe o Cruzeiro-PA, no sábado, enquanto o grená caxiense enfrenta o Inter, no domingo, no Estádio Centenário.

Nenhum comentário: